Receba receitas fantásticas e dicas práticas

Me inscrever

Poréu - uma reconstrução da mandioca com carne seca

Tabela Nutricional

Porção de 973g (1/2 porção) Valor energético 1272kcal=5320kJ, VE-VD 0,64 Carboidratos 155g, C-VD 0,52 Proteínas 56g, P-VD 0,75 Gorduras totais 48g, GT-VD 0,87 Gorduras saturadas 6g, GS-VD 0,26 Gorduras trans 0g, GT-VD ** Fibra alimentar 11g, FA-VD 0,43 Sódio 4388mg, S-VD 1,83. (*) Valores diários com base em uma dieta de 2000 kcal ou 8400 KJ. Seus valores diários podem ser maiores ou menores dependendo de seus necessidades energéticas. (**) Valores diários não estabelecidos.

Nível de Dificuldade

Fácil

Tempo de Preparo

40

Calorias

1272kcal=5320kJ

A Chef indígena Kalymaracaya elaborou um prato tradicional, regional e clássico da cultura indígena. A receita é composta por basicamente por três ingredientes bastante simples, mandioca, milho e carne seca, no entanto a receita é uma explosão de sabores e uma experiência inesquecível de sabor genuíno. É a oportunidade de mergulhar na cultura indígena e vivenciar a maneira original de preparar e apresentar a combinação perfeita da gastronomia brasileira, o par ideal.

Assine Agora
Kalymaracaya Mendes Nogueira

Chef Kalymaracaya Mendes Nogueira

Personal Chef

Vinda da Aldeia Bananal, Kalymaracaya Mendes Nogueira nasceu na tribo indígena Terena e se mudou de Aquidauana para Campo Grande durante a infância. Formada e em hotelaria e gastronomia a Chef divulga a gastronomia ancestral e trabalha com ingredientes cultivados em sua aldeia, preservando a receita em sua essência. Desde 2014, atua no movimento Slow Food, além realizar pesquisas sobre pimentas crioulas das índias Terena. Atualmente, concorreu a categoria estadual por MS, com outros dois participantes como melhor Chef de Cozinha – Prêmio Dólmã 2016. Hoje é secretária do Conselho Comunitário Urbano Indígena de Campo Grande-MS e auxilia na produção do programa Comitiva de Sabores, do chef Paulo Machado.

Passo a Passo

  1. Coloque o caldo de legumes para esquentar numa panela com 500 ml de água e 5 g de sal, em fogo alto. Enquanto isso, corte o tomate cubos pequenos. Em seguida, corte a salsa finamente (com cabo e tudo). Depois, retire a casca do milho, limpe-o e coloque a espiga no caldo de legumes, tampe e deixe cozinhar cerca de 15 a 20 minutos, ou até ficarem macio.

  2. Rale a mandioca em um ralador ou corte-as e bata aos poucos no liquidificador (com um pouco de água se necessário, 10 ml) até obter uma massa de mandioca. Pegue um pano de algodão limpo, ponha coloque a massa de mandioca ao centro, feche o pano (como uma trouxinha) e esprema bem sobre uma vasilha, para sair o excesso de líquido. Deixe-o repousar.

  3. Em seguida, coloque a massa de mandioca num bowl, adicione, 3 g de sal, o polvilho aos poucos até virar uma massa consistente. Se precisar, adicione 20 ml da própria água escorrida da mandioca. Faça bolinhas semelhante ao brigadeiro (cerca de 5 cm), pressionando-as bem e reserve-as num prato. Retire as espigas de milho do caldo (depois de cozidas) e deixe-as esfriar. Na mesma panela, coloque as bolinhas de mandioca com cuidado. Deixe cozinhar por 10 minutos, colocando o fogo no médio. Enquanto isso, divida a espiga ao meio e debulhe metade do milho separando os grãos. A outra metade da espiga, corte em rodelas ou divida ao meio.

  4. Enquanto as bolinhas de mandioca cozinham, aqueça uma frigideira em fogo alto com metade do azeite. Depois de quente, adicione a carne seca e deixe grelhar por 2 a 3 minutos, ou até dar uma leve dourada. Adicione a cebola e refogue por 1 minuto, até murchar. Então coloque o alho e deixe mais 30 segundos. Em seguida, adicione a pimenta dedo-de-moça, o tomate picado, o milho debulhado, a salsa picada e 1 g de sal, ou de acordo com seu paladar. Misture bem por 1 ou 2 minutos, desligue o fogo e reserve.

  5. Para fazer um charme, faça a barquinha feita com folha de bananeira. Muito simples de fazer: lave a folha em água corrente, seque bem e faça a barquinha amarrando as extremidades com a própria fibra da bananeira ou prendendo as extremidades com um palito de dente. Ou, se preferir, ajeite as folhas de bananeira numa vasilha funda, de acordo com a sua criatividade.

  6. Na hora de montar o prato, coloque a barquinha montada no passo anterior no centro. Retire as bolinhas do caldo de legumes com uma escumadeira e coloque-as no centro da barquinha. Por cima das bolinhas, coloque a carne desfiada as rodelas de milho e decore com as folhas de agrião por cima de tudo. Antes de servir, regue o prato com o restante do azeite e se preferir tempere o agrião com o sal restante (1g). Bom apetite.

Esta receita combina com

Vinho
CANTÁGUA - CARMENÉRE

Tinto encorpado, equilibrado, coloração rubi violáceo. Aroma de especiarias e frutas negras. Complexo, recomenda-se decantar antes de servir. Enogastronomia: Fraldinha em churrasco, molhos vermelhos ácidos e carnes elaboradas com vinho tinto.

Ver mais detalhes sobre este vinho

Veja também

Uva Red Globe (porção)
Risoto à Piemontese com Frango ao Orégano
Contrafilé Grelhado com Garam Masala e Grãos Refogados