Receba receitas e promoções exclusivas

Me inscrever

Pato assado: Com textura delicada, consistência macia e sabor suave, é uma carne nobre entre as aves

Cebola: De sabor forte e ácido, é muito usada como um dos temperos básicos da gastronomia mundial. Rica em metabólitos antioxidantes e potássio

Arroz Basmati: Variedade indiana nobre de arroz de grão longo. É mais aromático, tem sabor pronunciado e textura macia.

Caldo de Pato: Ao absorver o sabor do pato e dos legumes, torna-se um caldo suave e muito saboroso, com aroma de aguçar o apetite

Vinho do Porto: Feito de uvas tintas da região do Douro, no Norte de Portugal, é diferenciado pela adição de aguardente de uva na fermentação, tornando-o doce. Na culinária, é utilizado na harmonização por contraste, molhos, reduções e caramelizações

Avelã: Fruta oleaginosa, comumente encontrada seca, que oferece seu perfume a doces e adiciona em crocância e sabor a pratos salgados. É rica em proteínas e gorduras

Açúcar refinado: Com cristais minúsculos e brancos, empresta sua doçura a receitas salgadas especialmente para caramelização

Manteiga: Derivada do leite integral, é muito útil para refogar, saltear, fritar e encorpar caldos e molhos, além de dar cremosidade aos risotos

Sal de cozinha: Refinado, é o mais utilizado na culinária. Tempero básico, rico em sódio e iodo

Linguiça portuguesa: Feita apenas com carnes suínas curadas e defumadas, com adição de temperos. Ideal para pratos que pedem uma linguiça de sabor marcante

Cebolinha francesa: Mais fina e delicada que a cebolinha comum, oferece seu sabor levemente pungente como tempero em diversos tipos de receitas

Azeite: Usado para refogar, temperar, fritar e muito mais, é fonte de gorduras boas e agrega seu sabor apurado à receita

Alho Picado Brunoise: Consiste em uma técnica da cozinha francesa na qual o dente de alho é picado delicadamente em cubos pequenos e uniformes

Mexilhão: Marisco carnudo e de textura macia. Além de acrescentar seu sabor e aroma, dá um toque final na apresentação dos pratos com sua concha

Sal de cozinha: Refinado, é o mais utilizado na culinária. Tempero básico, rico em sódio e iodo
Pimenta do reino moída: Semente de pimenta-do-reino colhida madura e depois seca ao sol. Sua ardência e sabor discreto fazem dela um tempero básico

Camarão: Talvez o mais famoso dos frutos do mar. Muito saboroso, esse crustáceo dá vida a molhos, risotos, cozidos, massas, além de dar um ótimo aperitivo

Creme de Leite Fresco: É a gordura do leite, também chamado de nata. Pasteurizado, pode ser fervido e é muito usado para dar cremosidade a molhos

Arroz Basmati: Variedade indiana nobre de arroz de grão longo. É mais aromático, tem sabor pronunciado e textura macia

Cebola: De sabor forte e ácido, é muito usada como um dos temperos básicos da gastronomia mundial. Rica em metabólitos antioxidantes e potássio

Salmão em cubos: Peixe versátil, rico em proteínas e gorduras boas, de cor e sabor diferenciados. Muito utilizado na gastronomia moderna

Vinho branco seco: Vinho elaborado com a poupa das cepas europeias, podendo ser tintas (Blanc de Noir) ou brancas (Blanc de Blancs)

Manteiga sem sal: Muito útil como gordura para refogar, fritar, fazer risotos e massas, entre outros. A sem sal é melhor para cozinhar

Cogumelos Paris: Ingrediente delicado e saboroso que, depois de cozido e limpo, é o chamado champignon. Muito usado em molhos por absorver água e outros sabores

Folha de louro: Folha aromática que estimula o paladar, usada para dar sabor e perfume a caldos, molhos e cozidos

Tomilho fresco:Erva aromática de sabor delicado, tempero importante da culinária mediterrânea. Vai bem com carnes e compondo molhos

Salsinha fresca: Erva aromática de sabor delicado. É versátil pois combina com muitos alimentos, podendo entrar em ensopados, sopas, saladas e com diversas proteínas

Queijo minas meia-cura: Queijo de sabor suave, mas pronunciado, que na fabricação fica entre o fresco e o curado. Firme e com textura seca, é usado no pão de queijo

Mel de damasco: Tem a viscosidade e o doce do mel aliados ao elegante sabor e aroma do damasco. Ideal para completar receitas agridoces, que também levam toque cítrico

Arroz arbório: Variedade italiana de arroz cujo nome deriva da região de Arborio. Seus grãos mais arredondados liberam amido durante o cozimento, deixando-o mais cremoso. Ideal para preparação de risotos

Mel de damasco: Tem a viscosidade e o doce do mel aliados ao elegante sabor e aroma do damasco. Ideal para completar receitas agridoces, que também levam toque cítrico

Cebola Brunoise: Consiste em uma técnica da cozinha francesa na qual a cebola é picada delicadamente em cubos pequenos e uniformes

Azeite: Usado para refogar, temperar, fritar e muito mais, é fonte de gorduras boas e agrega seu sabor apurado à receita

Vinho branco: Vinho elaborado com a poupa das cepas europeias, podendo ser tintas (Blanc de Noir) ou brancas (Blanc de Blancs)

Caldo de Legumes: Para o preparo de risotos, leva cebola, cenoura, salsão e especiarias- fervidos na água até incorporar todos os sabores

Pimenta do reino moída: Uma das especiarias mais conhecidas mundialmente. Tem sabor forte e levemente picante. Sua principal propriedade é ressaltar o sabor dos alimentos no paladar

Sal de cozinha: Refinado, é o mais utilizado na culinária. Tempero básico, rico em sódio e iodo

Manteiga: Derivada do leite integral, é muito útil para refogar, saltear, fritar e encorpar caldos e molhos, além de dar cremosidade aos risotos

Limão Siciliano: Variedade aromática de limão que, junto ao azedo, dá um toque fresco e delicado às receitas em que é utilizado. Raspas de sua casca amarela também são aproveitadas na culinária

Medalhão de Filé Mignon: Corte em círculos espessos da peça de carne bovina nobre, macia e relativamente com pouca gordura

Sua hora de Chef

Receba em sua casa receitas de Chef
com os ingredientes na medida toda semana

Assista o vídeo e entenda como funciona

Como funciona

Escolha a receita

Nossos Chefs criam receitas deliciosas com os melhores ingredientes.

Receba tudo na medida

Entregamos na sua casa os ingredientes do jeito certo para você cozinhar. Sem desperdício.

Viva sua hora de Chef

Siga o simples passo a passo e prepare um jantar incrível.

Perfeito para você

Assinatura

Toda semana uma nova receita deliciosa na sua casa. O frete é por nossa conta e o plano é totalmente flexível, você só paga quando receber. Prato a prato, vire o Chef da sua cozinha.

Ver os planos de assinatura

Mercado do Chef

Aquele jantar de última hora? Quer surpreender alguém ou simplesmente decidiu cozinhar hoje? Peça Cheftime e receba até no mesmo dia.

Ver menu expresso disponível

Como você recebe seu kit

  • Arroz de Pato com Cebola Caramelizada no Vinho do Porto

    Arroz de Pato com Cebola Caramelizada no Vinho do Porto

    Pato assado: Com textura delicada, consistência macia e sabor suave, é uma carne nobre entre as aves

    Cebola: De sabor forte e ácido, é muito usada como um dos temperos básicos da gastronomia mundial. Rica em metabólitos antioxidantes e potássio

    Arroz Basmati: Variedade indiana nobre de arroz de grão longo. É mais aromático, tem sabor pronunciado e textura macia.

    Caldo de Pato: Ao absorver o sabor do pato e dos legumes, torna-se um caldo suave e muito saboroso, com aroma de aguçar o apetite

    Vinho do Porto: Feito de uvas tintas da região do Douro, no Norte de Portugal, é diferenciado pela adição de aguardente de uva na fermentação, tornando-o doce. Na culinária, é utilizado na harmonização por contraste, molhos, reduções e caramelizações

    Avelã: Fruta oleaginosa, comumente encontrada seca, que oferece seu perfume a doces e adiciona em crocância e sabor a pratos salgados. É rica em proteínas e gorduras

    Açúcar refinado: Com cristais minúsculos e brancos, empresta sua doçura a receitas salgadas especialmente para caramelização

    Manteiga: Derivada do leite integral, é muito útil para refogar, saltear, fritar e encorpar caldos e molhos, além de dar cremosidade aos risotos

    Sal de cozinha: Refinado, é o mais utilizado na culinária. Tempero básico, rico em sódio e iodo

    Linguiça portuguesa: Feita apenas com carnes suínas curadas e defumadas, com adição de temperos. Ideal para pratos que pedem uma linguiça de sabor marcante

    Cebolinha francesa: Mais fina e delicada que a cebolinha comum, oferece seu sabor levemente pungente como tempero em diversos tipos de receitas

    Azeite: Usado para refogar, temperar, fritar e muito mais, é fonte de gorduras boas e agrega seu sabor apurado à receita

    Alho Picado Brunoise: Consiste em uma técnica da cozinha francesa na qual o dente de alho é picado delicadamente em cubos pequenos e uniformes

    Receita pronta:

    Arroz de Pato com Cebola Caramelizada no Vinho do Porto

    Tradicional do norte de Portugal, esta receita apresenta um contraste da carne de pato com o adocicado da cebola caramelizada em vinho do porto e avelã.

    Carina Orlando

    Chef

    Carina Orlando
    Ver menu da semana
  • Marmite Dieppoise

    Marmite Dieppoise

    Mexilhão: Marisco carnudo e de textura macia. Além de acrescentar seu sabor e aroma, dá um toque final na apresentação dos pratos com sua concha

    Sal de cozinha: Refinado, é o mais utilizado na culinária. Tempero básico, rico em sódio e iodo
    Pimenta do reino moída: Semente de pimenta-do-reino colhida madura e depois seca ao sol. Sua ardência e sabor discreto fazem dela um tempero básico

    Camarão: Talvez o mais famoso dos frutos do mar. Muito saboroso, esse crustáceo dá vida a molhos, risotos, cozidos, massas, além de dar um ótimo aperitivo

    Creme de Leite Fresco: É a gordura do leite, também chamado de nata. Pasteurizado, pode ser fervido e é muito usado para dar cremosidade a molhos

    Arroz Basmati: Variedade indiana nobre de arroz de grão longo. É mais aromático, tem sabor pronunciado e textura macia

    Cebola: De sabor forte e ácido, é muito usada como um dos temperos básicos da gastronomia mundial. Rica em metabólitos antioxidantes e potássio

    Salmão em cubos: Peixe versátil, rico em proteínas e gorduras boas, de cor e sabor diferenciados. Muito utilizado na gastronomia moderna

    Vinho branco seco: Vinho elaborado com a poupa das cepas europeias, podendo ser tintas (Blanc de Noir) ou brancas (Blanc de Blancs)

    Manteiga sem sal: Muito útil como gordura para refogar, fritar, fazer risotos e massas, entre outros. A sem sal é melhor para cozinhar

    Cogumelos Paris: Ingrediente delicado e saboroso que, depois de cozido e limpo, é o chamado champignon. Muito usado em molhos por absorver água e outros sabores

    Folha de louro: Folha aromática que estimula o paladar, usada para dar sabor e perfume a caldos, molhos e cozidos

    Tomilho fresco:Erva aromática de sabor delicado, tempero importante da culinária mediterrânea. Vai bem com carnes e compondo molhos

    Salsinha fresca: Erva aromática de sabor delicado. É versátil pois combina com muitos alimentos, podendo entrar em ensopados, sopas, saladas e com diversas proteínas

    Receita pronta:

    Marmite Dieppoise

    A Alta Normandia é cheia de sabores e perfumes incríveis. Em seu litoral, banhado pelo mar do Norte, encontram-se excelentes peixes e frutos do mar, que se juntam nesta deliciosa receita.

    Luis Fernando Perin

    Chef

    Luis Fernando Perin
    Ver menu da semana
  • Risoto ao Limone e Mignon com Mel de Damasco

    Risoto ao Limone e Mignon com Mel de Damasco

    Queijo minas meia-cura: Queijo de sabor suave, mas pronunciado, que na fabricação fica entre o fresco e o curado. Firme e com textura seca, é usado no pão de queijo

    Mel de damasco: Tem a viscosidade e o doce do mel aliados ao elegante sabor e aroma do damasco. Ideal para completar receitas agridoces, que também levam toque cítrico

    Arroz arbório: Variedade italiana de arroz cujo nome deriva da região de Arborio. Seus grãos mais arredondados liberam amido durante o cozimento, deixando-o mais cremoso. Ideal para preparação de risotos

    Mel de damasco: Tem a viscosidade e o doce do mel aliados ao elegante sabor e aroma do damasco. Ideal para completar receitas agridoces, que também levam toque cítrico

    Cebola Brunoise: Consiste em uma técnica da cozinha francesa na qual a cebola é picada delicadamente em cubos pequenos e uniformes

    Azeite: Usado para refogar, temperar, fritar e muito mais, é fonte de gorduras boas e agrega seu sabor apurado à receita

    Vinho branco: Vinho elaborado com a poupa das cepas europeias, podendo ser tintas (Blanc de Noir) ou brancas (Blanc de Blancs)

    Caldo de Legumes: Para o preparo de risotos, leva cebola, cenoura, salsão e especiarias- fervidos na água até incorporar todos os sabores

    Pimenta do reino moída: Uma das especiarias mais conhecidas mundialmente. Tem sabor forte e levemente picante. Sua principal propriedade é ressaltar o sabor dos alimentos no paladar

    Sal de cozinha: Refinado, é o mais utilizado na culinária. Tempero básico, rico em sódio e iodo

    Manteiga: Derivada do leite integral, é muito útil para refogar, saltear, fritar e encorpar caldos e molhos, além de dar cremosidade aos risotos

    Limão Siciliano: Variedade aromática de limão que, junto ao azedo, dá um toque fresco e delicado às receitas em que é utilizado. Raspas de sua casca amarela também são aproveitadas na culinária

    Medalhão de Filé Mignon: Corte em círculos espessos da peça de carne bovina nobre, macia e relativamente com pouca gordura

    Receita pronta:

    Risoto ao Limone e Mignon com Mel de Damasco

    Uma receita deliciosamente romântica. O risoto cozido no vinho branco e caldo de legumes ganha um aroma sutil, que contrasta com a personalidade do medalhão de filé mignon. Por fim, o azedinho do limão e o doce do mel de damasco se encontram no seu paladar para uma última dança.

    Alessandra Marcossem

    Chef

    Alessandra Marcossem
    Ver menu da semana

Todo mundo ama o Cheftime

Demonstre também seu amor por nós. Poste uma foto com a #meucheftime no instagram e concorra a benefícios exclusivos.

@marjandrade

@joohnnyc

@pridempsey

@rodrigohoenen